Barueri registra aumento no número de queimadas devido ao tempo seco

0
544
Foto: Tom Vieira Freitas/ Jornal de Barueri

A antecipação da estiagem neste ano ocasionou o aumento no número de focos de incêndio em áreas de matas em todo o Estado. Até maio, a Guarda Ambiental de Barueri atuou em 23 ocorrências de queimadas na cidade, sendo que apenas uma delas foi considerada de alto porte, de acordo com a gestão.

Nos trechos do município na rodovia Castello Branco, administrado pela concessionária CCR Via Oeste, foram registradas no mesmo período 19 ocorrências, sendo 14 de pequeno porte, três de médio e duas de grande. O número é quase 58% maior do que as queimadas anotadas nos primeiros cincos meses de 2017, onde aconteceram oito ocorrências.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que monitora as queimadas em todo o país, a combinação da baixa umidade do ar e mato seco favorece este tipo de ocorrência. A tendência, inclusive, é de que haja um aumento na quantidade de focos, pois com o inverno, entra-se no período de seca, com poucos episódios de chuvas.

Ainda de acordo com o órgão, ações humanas são responsáveis por quase a totalidade das queimadas, como por exemplo, limpeza de pastos, preparo de plantios, desmatamentos, colheita manual de cana-de-açúcar, vandalismo, balões de São João.

Para a CCR, as bitucas de cigarros jogadas pelas janelas dos veículos são uma das principais causas dos focos de incêndio as margens das rodovias.

Prevenção

A Prefeitura informou à reportagem que viaturas da Defesa Civil e da Guarda Municipal realizam constantemente um monitoramento das áreas de mata em parceria com o Copo de Bombeiros. A fim de conscientizar a população, a CCR Via Oeste tem distribuídos folhetos educativos nas praças de pedágios sobre cuidados que se deve ter para evitar este tipo de ocorrências. Há também mensagens nos painéis eletrônicos nas rodovias.

Caso os motoristas se deparem com fumaça na pista, a administradora recomenda que a velocidade seja reduzida, o fechamento dos vidros, e que seja mantida uma distância segura do veículo à frente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.