Barueri realiza adoção de animais por meio das redes sociais durante período de isolamento social

0
1128
Cepad Barueri tem hoje 330 animais esperando por um novo lar. (Foto: Karina Borges/Secom Barueri)

Medida foi tomada, pois a cidade registrou queda nas adoções em março

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tem trazido prejuízos em diferentes áreas, incluindo a adoção de animais. Segundo a Prefeitura de Barueri, a cidade registrou uma queda de 37% no número de adoções de cães e gatos em março, em relação a fevereiro. “Se compararmos com março de 2019, a redução foi de 42%”, disse a gestão em nota.

Para incentivar as adoções nesta época de quarentena, o município passou a realiza-las pelas redes sociais. Funciona assim: o interessado acessa o Instagram do Centro de Proteção ao Animal Doméstico (@CEPAD_) ou o Facebook (@CepadBarueri) e lá verifica fotos dos cães e gatos que estão aptos a serem adotados.

Após escolher, o adotante passa por uma entrevista por telefone ou mensagem e a prefeitura realiza a entrega do animal na residência da pessoa. Além disso, todos os animais são entregues castrados, microchipados, vacinados e vermifugados.

“Quando alguém adota um animal no Cepad dá a oportunidade ao resgate de outro animal abandonado que está nas ruas. Além disso, um animalzinho de estimação reduz os níveis de estresse causado pelo isolamento social e colabora com o combate à ansiedade e à depressão”, disse Adriana Cristina Guerra Boni, gestora do Cepad.

Animais em Barueri
Segundo a prefeitura, Barueri tem hoje 330 animais disponíveis para adoção nas duas unidades do Centro de Proteção ao Animal Doméstico (Cepad), local em que os pets ficam enquanto aguardam um novo lar.

“Entre janeiro e fevereiro de 2020 tivemos uma média de 56 adoções por mês. Em 2019 a média foram 43 por mês”, destacou a administração.

Além disso, desde o ano passado, o município conta com os serviços do Resgate Animal, ambulância para atendimento emergencial de animais em situação de rua que foram atropelados ou gravemente feridos.

“No mês passado, tivemos um aumento de 90% nos atendimentos feitos pelo resgate em comparação a fevereiro”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.