Barueri investe em rede de fibra ótica

Tecnologia permite interligar 193 prédios públicos

0
1321
Foto: Alison/ Secom Barueri

A Prefeitura de Barueri está investindo em fibra ótica. Atualmente, 350 km de cabeamento subterrâneo estão instalados na cidade. Essa rede, chamada Infovias, garante nível elevado de confiabilidade para a transmissão de sinais de dados, voz e vídeo. De acordo com a gestão, o dimensionamento da malha de fibra ótica implantado vai ao encontro ao planejamento de conectividade e serviços ora idealizados pelo município. “Com isso, o foco para os próximos anos é a CIT seguir os projetos do Plano Diretor de Tecnologia da Informação onde constam uma série de projetos relacionados a trazerem a população uma maior qualidade de vida –  Barueri, a cidade que me faz sentir bem”, disse em nota a prefeitura.

A tecnologia permite interligar 193 prédios públicos, fornecer internet gratuita via wi-fi à população em 24 pontos do município (confira no box), ter acesso a câmeras de monitoramento, semáforos inteligentes, telefonia VOIP, disponibilização de sistemas integrados como o SISS (Sistema Inteligente a Serviço da Saúde) – que conta com o prontuário eletrônico, por exemplo, sendo implantado em todos os equipamentos de saúde da cidade, entre outras possibilidades.

“A Infovias é a base para construirmos toda a cidade inteligente”, diz o coordenador da CIT, Jonatas Randal. “Trata-se de um projeto que pode ser definido como uma rede de comunicação de dados, baseada nos padrões da internet, implantada em municípios com o objetivo de prover informações e meios de comunicação eletrônica para os cidadãos de forma universal, pois é um conjunto de serviços e funcionalidades”, explica.

Onde se conectar

Atualmente, existem 24 pontos de acesso para a população nas localidades: Boulevard, cemitério, centro de eventos, ETEC, Ganha Tempo, Museu Municipal, Praça dos estudantes, Feira Noturna de terça-feira, Pronto Atendimento infantil, Teatro Municipal, Terminal Central, Terminal Silveira, Terminal Imperial, Terminal Viana e 10 bibliotecas (Benedito Franco, Cora Coralina, Eny Cordeiro, Jair Honório, João Galdino, Luis Fernandes, Maria Salomé Soares, Max Zendron, Osvaldo Eleutério, Salomão Cruz).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.