Barueri finaliza 2018 com queda nos índices de criminalidade

0
836
Ações são constantes e realizadas em parceria com as polícias (Foto: Secom Barueri)

Os números da Secretaria de Segurança Pública (SSP) apontaram que 2018 foi um ano melhor para a área na cidade, com a quantidade de crimes (homicídios, roubos, furtos e veículos subtraídos) de janeiro a outubro: 6,5% menor do que no mesmo período de 2017.

Só para ter uma ideia, o número de roubos de carga teve um decréscimo de aproximadamente 28% na cidade. Em 2017, foram registradas 71 ocorrências até o mês de agosto, enquanto neste ano, foram anotadas 52.

Em relação aos roubos em geral, houve uma redução de 15% nas ocorrências. Os casos passaram de 760 em agosto de 2017 para 640 neste ano. Já em relação aos furtos, a diminuição foi de 5% no mesmo período citado, passando de 1.358 casos para 1.283.

Eficiência

Patrulhamentos e operações contra o crime foram constantes alcançando alto índice de apreensões. A Guarda Municipal recebeu 370 pistolas de calibre 380 que substituíram os revólveres antigos. E o Demutran, 26 novos agentes para integrar o efetivo.

Ao longo do ano, treinamentos foram aplicados, como o EQP (Estágio de Qualificação Profissional) com 80 horas de aperfeiçoamento profissional. Em Barueri, 100% da tropa concluiu o treinamento.

O Departamento de Humanização da GCM realizou palestras de ações preventivas para 3.944 pessoas. Já o Núcleo de Educação no Trânsito do Demutran alcançou 13.549 munícipes. E a Defesa Civil formou 150 agentes mirins.

Ainda em 2018, a SSMU criou a Base Guardiã Maria da Penha, para o atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica. E lançou o inédito Patrulhamento Tático Feminino, com sete guardas altamente preparadas.

Foi lançado o inédito Patrulhamento Tático Feminino, com sete guardas altamente preparadas (Foto: Divulgação Secom Barueri)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.