Central de Monitoramento de Barueri, 24 horas de olho na cidade (Foto: Michela Brígida/Jornal de Barueri)

Barueri é o segundo município onde as pessoas possuem menos riscos de sofrer um crime violento entre oito, das dez cidades que fazem parte do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste). A constatação é do Índice de Exposição à Criminalidade Violenta (IECV), uma análise produzida pelo Instituto Sou da Paz a partir de dados da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP) de 2018 e foi divulgada recentemente.

O IECV é calculado a com base na média ponderada de três subíndices: crimes letais (homicídio e latrocínio), crimes contra a dignidade sexual (estupro) e crimes contra o patrimônio (roubo – outros, roubo de veículo e roubo de carga).  Foram levadas em consideração cidades com população maior que 50 mil habitantes.

De acordo com o estudo, Barueri tem um índice de 16,1, segundo menor da região. Comparando 2017 e 2018, houve uma redução de 42,9%- a taxa anterior do município era de 28,2.

A secretária de Segurança e Mobilidade Urbana do município, Regina Mesquita, diz que os índices são resultado de muito trabalho e empenho. “Temos bases em Alphaville, Parque Viana, Jardim Belval, Parque Imperial, e, em breve, vamos inaugurar a Base da Polícia Militar no Jardim Paulista. Temos um trabalho ágil e eficiente, por meio de nossos agentes que fazem um atendimento rápido com viaturas, motos, Romu, Demutran, Defesa Civil e Ambiental”, explica Regina.

Secretária de Segurança de Barueri, Regina Mesquita (Foto: Divulgação PMB)

 

Maior efetivo da região

Atualmente, o município tem também um dos maiores efetivos da região. A cidade conta com um agente para cada 490 pessoas, levando-se em conta o efetivo de 553 guardas e a população estimada, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) em 271.306 habitantes.

Há ainda um diferencial em Barueri: um Pelotão Tático Feminino e a base Maria da Penha, que garantem às mulheres um atendimento mais próximo e digno.

Além dos agentes, a Secretaria de Segurança de Barueri conta com uma Central de videomonitoramento que “olha a cidade 24h” e programas como o Escola mais Segura, com mais 118 câmeras que acompanham os alunos na entrada e na saída da unidade, além de fazer rondas nas imediações. “Nosso foco é tornar cada escola um lugar realmente seguro para nossos estudantes. Nos orgulhamos de estar entre as mais seguras da região”, finalizou a secretária.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.