Barueri é uma das dez cidades que mais investem no meio ambiente

0
1241
Foto: : André Nicoleti / SEMA

Desde 2013, o volume de recursos destinados às despesas em conservação e fiscalização do meio ambiente no país vem diminuindo ano a ano, segundo estudo do WWF-Brasil e Associação de Contas Abertas, divulgada na quarta-feira (7). Apesar da queda, Barueri é um dos municípios que mais investiram na questão, ocupando o 10º no ranking geral de gastos das cidades com o Meio Ambiente, o município destinou R$ 285.775.658,78 de recursos ao meio ambiente.

Os esforços para prosseguir com ações na área são mantidos. No próximo dia 21, às 19h, a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente , em audiência pública na Câmara Municipal, o PMMA (Plano Municipal de Mata Atlântica), que visa apresentar e debater os instrumentos de planejamento.

O Plano está em consonância com a Lei Federal 11.428/06, que determina que os municípios cuidem das frações desse importante bioma que restaram em seus territórios. Barueri tem 535,51 hectares ainda preservados (8,78% do município), que estão no Bairro dos Altos (26,2%), Aldeia da Serra (36,1%) e Fazenda Militar (21,6%). 16,1% estão espalhados por outros bairros.

A Mata Atlântica já ocupou uma área de mais de 1.000.000 de metros quadrados do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul. Hoje não possui mais que 7% da área original. É o bioma mais ameaçado de todos em razão de sua localização predominantemente litorânea, do grande número de habitantes (superior a 108 milhões) e da expansão imobiliária. São mais de 3.000 municípios em 17 estados.

A Prefeitura de Barueri está propondo a criação de unidades de conservação e quer trazer a população e os ambientalistas para a discussão. Conheça o PMMA na íntegra acessando o portal www.barueri.sp.gov.br. Se preferir, retire-o na sede da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (av. Henriqueta Mendes Guerra, 1.124 – Centro). Sugestões podem ser enviadas para o correio eletrônico [email protected] .

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.