Barueri aprova projeto para criação de 1.405 cargos na Educação

0
2269

A Câmara de Barueri aprovou, por unanimidade, na terça-feira (27) dois projetos de lei complementares que criam 1.355 cargos efetivos e 50 comissionados na área da Educação e aumentam os salários de cinco funções de servidores da pasta.  As medidas foram apresentadas aos vereadores pelo prefeito Rubens Furlan, em caráter de urgência, e agora aguardam apenas a sanção.

De acordo com o PLC nº 26/2018, os salários de cinco funções de comissão terão aumento:  supervisor escolar, que receberá R$ 8.820,00, diretor escolar, com reajuste para R$7.182,00, vice-diretor escolar, com remuneração de R$ 5.670,00, orientador educacional, com R$ 5.040,00 e coordenador pedagógico com R$5.040,00. A mesma proposta também prevê a criação de 50 cargos comissionados, sendo 20 para diretor escolar e 30 para coordenador pedagógico.

O motivo para a readequação, segundo a Prefeitura, se deve ao fato dos cargos ocupados exigirem “dedicação acima da média daquela requerida a seus pares docentes “ e para “atender as necessidades funcionais da rede municipal de ensino no município que foi ampliada consideravelmente nos últimos anos”.

Concurso

O outro PLC solicita a criação de 1.335 cargos efetivos, que devem ser preenchidos por concurso público. São eles:  Agente de patrimônio (100), auxiliar de classe (900), farmacêutico (10), merendeira (50 ) motorista (150), nutricionista (15), e terapeuta ocupacional (10).

Segundo o prefeito, a criação dos postos de terapeutas ocupacionais, merendeiras e motoristas visa a ampliação da rede escolar do município. Já as demais funções, têm o objetivo de viabilizar o planejamento de longo prazo da Secretaria da Administração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.