Apeoesp vai à Justiça contra planejamento presencial nas escolas

0
490
Professora Bebel critica medidas de João Doria. (Foto: Reprodução/Facebook)

Sindicato dos Professores faz alerta sobre descaso com profissionais da educação 

Em defesa da vida dos professores, em função da pandemia do coronavírus, que voltou a se agravar, com o país diariamente passando de mais de mil mortes pela Covid-19, o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) não quer que as atividades de planejamento do ano letivo de 2021, previstas para o período entre 26 e 29 de janeiro, sejam realizadas de forma presencial, mas sim virtual. Por isso, a presidente da entidade, a deputada estadual Professora Bebel ingressou com mandado de segurança coletivo no Tribunal de Justiça de São Paulo para que as atividades sejam realizadas de forma virtual. 

Avanço da pandemia

Para Bebel, mais uma vez, de forma irresponsável, o governo João Doria ignora o recrudescimento da pandemia, com altos níveis de contaminação e elevação no número de mortes por covid-19 e quer forçar a presença de professores nas unidades escolares, sem vacinação. A presidenta da Apeoesp lembra que a entidade já oficiou o governador do Estado solicitando que os profissionais da educação sejam vacinados na primeira etapa, juntamente com os profissionais da saúde, idosos e indígenas, mas esse pedido até o momento foi ignorado.

Para ela, “o governo não tem o direito de colocar nossas vidas em risco, ao estabelecer que as atividades do planejamento escolar sejam presenciais. Nossa luta é em defesa da vida. Evitar todo e qualquer tipo de aglomeração nesse momento é fundamental para que possamos preservar vidas”, diz a deputada, lembrando que parte dos professores tem problemas de saúde que podem se agravar no caso de ser infectado pelo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.