Alunos de Barueri se entusiasmam com a nova plataforma de estudos online

0
2759

Atualmente, cerca de 30 escolas da rede de ensino de Barueri –  além da Fieb Maria Theodora – já estão atuando na prática, no projeto Khan Academy, maior plataforma de ensino online de matemática do mundo.

O projeto faz parte de uma parceria entre a Secretaria de Educação de Barueri e a conceituada Fundação Lemann, uma das referências mundiais quando o assunto é a inovação no aprendizado.

Na Emef Agenor Lino de Matos, os alunos também já estão integrandos ao projeto e  demonstram grande interesse na nova metodologia de ensino.

De acordo com a diretora Regina Rocha, os estudantes estão sedentos por novidades. “Eles já mostravam grande interesse nas aulas de informática. Com o novo projeto da Khan Academy o interesse e o entusiasmo aumentaram muito”, contou.

Naquela escola, as aulas são monitoradas pelos pela professora de informática, Fátima Marques e pelo professor de matemática Adilson Nogueira, que acompanham – de perto – o desempenho, interesse e as dificuldades de cada um dos alunos.

SOBRE A KHAN ACADEMY – A Khan Academy é uma iniciativa que disponibiliza recursos multimídia gratuitos que ajudam na aprendizagem escolar.

A plataforma atua com a ajuda de vídeos e jogos, a ferramenta oferece mais de 300 mil atividades. As aulas são elaboradas de acordo com as habilidades que o aluno domina e as que precisa aprimorar. Assim, auxiliam no reforço de temas abordados em sala de aula e também introduzem noções de ciências, computação, história e economia.

ALUNOS APROVAM O MÉTODO – Apesar do pouco tempo de implantação do projeto, os professores já vêm registrando o interesse e evolução de boa parte dos alunos participantes.

Os estudantes de 9º ano da Emef Agenor de Campos, por exemplo, têm se destacado nas aulas. Acompanhe alguns dos depoimentos:

“Estou achando a nova forma de executar os exercícios muito produtivas. À medida que vou concluindo cada uma das etapas, vou entendendo melhor cada uma das matérias”, Thainá Vieira

“Apesar das dificuldades no início, a vontade de vencer cada um dos desafios vai fazendo com que a gente se interesse mais pelas matérias”, Maria Eduarda

“Tenho achado muito interessante essa nova forma de estudar através da tecnologia. Parece que as matérias ficam mais fáceis da gente entender” Walter Neves