Alunas de Etec de Osasco propõem aplicativo que ajuda localizar pessoas desaparecidas

Projeto Find Lost conquistou 1ºlugar do programa Pense Grande

0
748
Foto: Divulgação

A ideia do aplicativo Find Lost surgiu após a experiência angustiante da estudante Maiala Safira Vieira Gomes, de 16 anos, da Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. André Bogasian, de Osasco, de procurar a sua irmã deficiente que tinha desaparecido ao sair de casa. Um ano após o episódio, ela e suas colegas do curso técnico de Administração Integrado ao Ensino Médio, Vitoria Mazoni Castillero e Vittória Vieira Zachi, começaram a desenvolver o aplicativo que presta auxílio na localização de pessoas desaparecidas.

O projeto foi desenvolvido durante as oficinas do programa Pense Grande 2017, sob a orientação do professor Miguel Del Barco e do especialista da Impact Hub. Gabriel Barbieri e conquistou o primeiro lugar entre os 60 projetos que participaram da iniciativa.

“Graças às redes sociais, conseguimos localizar minha irmã”, conta Maiala. “Mas seria mais fácil se houvesse um aplicativo conectado a um banco de dados, com informações dadas pelas famílias, fotos e mapa indicando a última localização daquela pessoa.”

As estudantes pretendem ainda ampliar o aplicativo e integrar o sistemas com delegacias e hospitais, ajudando a localizar cidadãos sem documentos que dão entrada nesses locais. “As pessoas registradas como desaparecidas podem constar em boletins de ocorrência, mas seus dados precisam ser cruzados para ajudar a encontrar alguma pista”, afirma Maiala.

Durante a participação no programa Pense Grande, as aulas trabalharam no escopo do projeto e na interface do aplicativo. Com a conquista do prêmio, o projeto será credenciado como membro da Impact Hub e poderá contar com apoio de mentores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.